Cedrinho

Nomes populares: bruteiro, cachimbo-de-jabuti, cambará, cambará-rosa, cedrilho, jaboti, jaboti-da-terra-firme, quaruba-vermelha, quarubarana, quarubatinga, verga-de-jabuti.

Nomes internacionais: jaboty (ATIBT,1982), kwanie (Guiana).

Ocorrência:
• Brasil: Amazônia, Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia.
• Outros países: Guiana, Guiana Francesa, Suriname, Venezuela.

CARACTERÍSTICAS GERAIS: cerne castanho avermelhado; sem brilho; cheiro e gosto imperceptíveis; densidade baixa; textura média a grossa.

DURABILIDADE / TRATAMENTO:
Durabilidade natural: a Madeira de cedrinho apresenta baixa durabilidade ao ataque de organismos xilófagos (fungos e insetos). (IPT,1989a).

Tratabilidade: o cerne e o alburno são moderadamente fáceis de preservar em processos sob pressão. (IBDF,1981).

CARACTERÍSTICAS DE PROCESSAMENTO:
Trabalhabilidade: a Madeira de cedrinho é fácil de aplainar, serrar e lixar, mas apresenta superfície de acabamento ruim (felpuda). (IBAMA,1997a)

Secagem: a secagem ao ar é fácil e sem a ocorrência significativa de defeitos. A secagem em estufa também é rápida, mas em condições muito drásticas podem ocorrer empenamentos, rachaduras e endurecimento superficial. (Jankowsky,1990)

USOS:
Construção civil:
• Leve em esquadrias: portas, venezianas, caixilhos
• Leve interna, estrutural: ripas
• Leve interna, utilidade geral: lambris, molduras, guarnições, forros
• Uso temporário: andaimes, fôrmas para concreto, pontaletes

Mobiliário:
• Utilidade geral: móveis estândar, partes internas de móveis inclusive daqueles decorativos

Outros usos: lâminas decorativas, chapas compensadas, embalagens

Decks de Madeira